Follow by Email

terça-feira, 3 de maio de 2011

A Propósito da minha última postagem sobre a morte de Usama ...

Me reuni com Amigos, informalmente  , num almoço rotineiro de confraternização entre velhos colegas . Pude então tomar conhecimento da repercussão da minha postagem  , e das diversas notícias que a mídia veiculou . Quanto ao que me diz respeito , venho esclarecer certos aspectos que alguns não compreenderam. Quanto ao sentimento a cerca da morte do Usama , lembro o que disse meu mestre : ´´Quem vive pela espada morrerá pela espada´´  ... então ficamos tristes com o fato,  mas não o lamentamos , uma vez que foi de sua escolha o caminho seguido , que o levou a esse triste fim . Quanto ao envolvimento emocional de brasileiros no desenlace violento não vejo porque aprova-lo, e até mesmo festeja -lo , contra nossas convicções cristãs e/ou culturais . NÃO SOMOS UM POVO GUERREIRO . ATÉ AGORA SOMENTE TIVEMOS A GUERRA CONTRA O PARAGUAI , HOJE NOSSO AMIGO TENDO INCLUSIVE UMA ENORME USINA HIDRELÉTRICA EM COMUM . Sómente lamento a tolerância abusiva em nossas fronteiras verdadeira peneira para contrabandistas ! De resto somos bons amigos ! Nunca tivemos parte , salvo na última guerra mundial , em ações militares contra povos de outros continentes . Mesmo nessa guerra nossa participação foi reduzida , e defensável ! Não deixamos sequelas que justificassem um terrorista do calibre do extinto Usama . Nem militares nem econômicas . Assim na criação desse monstro não nos cabe culpa ! Nem o risco de sua ação nos deveria preocupar,pois seu ódio não estava voltado primeiramente contra nos .Quanto ao lema  ``morte aos infiéis´´ já disse tenho minhas dúvidas  ... e quasi certeza que não se voltaria  contra nos se vingasse lá entre eles . Assim a palavra de SS.João Paulo II caem muito bem sobre nos . E nossa cultura refletindo a índole de nosso povo desaconselha envolvimento em sentimentos de vingança . Fico satisfeito pelo povo Americano que conseguiu se livrar desse que lhes causou tanto dano físico e psicológico . Pricipalmete esse último clamava por ação . Creio que devemos virar a página , e nos preocupar  sim com a guerra contra oTerrorismo Internacional , na qual nos devemos engajar dentro dos limites de nossas possibilidades , porém respeitando as regras internacionais , que regulam suas ações .Não há porque responder com ódio ao ódio terrorista ... mas com energia sim ! Porém sua medida não é de nossa competência mas dos militares .

Nenhum comentário: