Follow by Email

domingo, 25 de agosto de 2013

Atribui-se ao Papa Francisco quando … | Rcav5's Blog

Atribui-se ao Papa Francisco quando … | Rcav5's Blog

A liberdade exige o exercício ativo e pleno da cidadania ... mas os pobres em nossa terra tem verdadeira cidadania ? ... pela entrevista  : não mesmo !!!!

sábado, 24 de agosto de 2013

Li ... e o O GRITO DA JUÍZA...

...ainda ecoa no meu coração . Defendo que a liberdade exige o exercício ativo e pleno da cidadania...
... assim vi com enorme simpatia a atitude corajosa dessa mulher, que exibe um coração humano de alta qualidade, e muito senso de cidadania . Dou -lhe o que posso : ... amplitude de palavra, e um abrigo para elas na blogosfera . Segue o texto de sua autoria que recebi... com solicitação de divulgar... de pessoa muito querida, e responsável :

Gostei. Repasso. 

> *Assunto:* O GRITO DA JUÍZA - DIVULGUE A TODOS SEUS CONTATOS



> * *
> * *
> *UM DOS MAIS LÚCIDOS PRONUNCIAMENTO PÚBLICOS FEITO.*
> *SIMPLES, DIRETO E DE FÁCIL ENTENDIMENTO.**
> **REPASSO, POR FAVOR DEDIQUEM 05 MINUTOS PARA UMA BOA LEITURA.**
> **REPASSEM...*
> * **" Tudo posso naquele que me fortalece."*
> * *
> * *
> * *
> *O Grito da Juíza! Bolsa Família e outras similares ou Voto de Cabresto?*
> **
> *SEJAMOS DIGNOS E REALISTAS: VAMOS FAZER UMA CAMPANHA PARA COMEÇAR A
> MORALIZAR E FAZER PROGREDIR DE FATO E PARA VALER ESSA JOÇA DE PAÍS EM QUE
> VIVEMOS*
> * *
> * *
> * *
> **
> * *
> *JUIZA DE CAJAZEIRAS É CONTRA O ‘BOLSA-FAMÍLIA’ E DIZ POR QUÊ!*
> * *
> * *
> * *
> * *
> * **Apenas a título de esclarecimento, aos que respeitam opiniões
> contrárias, e apenas a esses, é que escrevo agora. Fui alvo de críticas e
> agressões acerca de minha opinião avessa ao ‘Bolsa-Família, programa criado
> pelo Governo Federal há 10 anos. **Grande parte optou por uma justificativa
> simplista:*
> * *
> * **- “Ah, ela é rica, juíza, elite, fala porque nunca passou
> necessidades, nunca passou fome...”. Pronto!*
> * Essa justificativa encerra a questão e resolve o problema,
> segundo o partido que manteám a bolsa.*
> * Vão dizer, ou melhor atacar que isso é mais uma
> idiotia de quem nada sabe sobre a vida.*
> * *
> * Apenas a título de informação saibam que não sou rica, nunca fui
> e nunca serei. Meu
> salário<http://www.militar.com.br/blog24984-O-Grito-da-Ju%C3%ADza-Bolsa-Fam%C3%ADlia-ou-Voto-de-Cabresto>
> é
> bom, e com ele, se Deus quiser, nunca passarei fome nem necessidade,
> mas **lutei
> por ele**; e como lutei! Sofri, **estudei**, **trabalhei** e lutei,
> repita-se. Mas isso é outra estória que em outro momento, se interessar a
> alguém, posso contar.*
> * *
> * Contudo, existem outros motivos que levam as pessoas a formarem
> suas opiniões que não necessariamente as suas condições financeiras. Nunca
> passei fome, graças a Deus, graças ao trabalho de meus pais, mas, da mesma
> forma que nunca faltou, também nunca sobrou.*
> * *
> * **Trabalho desde os 18 anos de idade**, quando me submeti a
> concurso público e fui ser funcionária pública, trabalhar oito horas
> diárias e ganhar<http://www.militar.com.br/blog24984-O-Grito-da-Ju%C3%ADza-Bolsa-Fam%C3%ADlia-ou-Voto-de-Cabresto>
> menos
> do que um salário mínimo, apesar da Constituição Federal já vedar tal
> conduta. Mas como já disse, isso é outra estória.*
> * *
> * O final de semana que passou retrata exatamente um dos fatores
> que me levam a formar a opinião que tenho. Um simples “boato” de que o
> ‘Bolsa-Família’ iria acabar, foi suficiente para causar um caos em várias
> agências da Caixa Econômica Federal. Uma pessoa me disse que teve que
> pedir dinheiro
> emprestado<http://www.militar.com.br/blog24984-O-Grito-da-Ju%C3%ADza-Bolsa-Fam%C3%ADlia-ou-Voto-de-Cabresto>
> para
> sair do seu sítio para receber o ‘bolsa-família’, “antes que acabasse”...*
> * *
> * A pergunta é: **de que viveriam essas pessoas, se o
> ‘bolsa-família acabasse?** A minha resposta: passariam ainda mais fome do
> que tinham quando começaram a recebê-lo. E sabem por quê? Porque agora, **com
> a certeza do “benefício”, do óbolo, elas não se propõem mais a trabalhar,
> ou a estudar e se profissionalizar.** Enfim. **Estão escravizados à merreca
> que recebem**, como qualquer dependente químico da droga que consomem.

> **É a isso que me oponho**.*
> * *
> * Quando esse “programa social” foi implantado **a situação das
> pessoas era caótica, lastimável. Hoje elas estão sendo tratadas como
> inúteis, como incapazes**. A partir do momento em que se implanta um
> ‘programa assistencialista’ como esse, sem uma política paralela de
> reestruturação, de capacitação para o restabelecimento de condições de
> trabalho, de autossustento, enfim, **de busca por uma atividade que traga
> um mínimo de independência como contrapartida pela ajuda oferecida pelo
> estado, ou esse estado passa a considerar essas pessoas como não tendo
> capacidade alguma para tal ou, simplesmente, não se está querendo ajudar,
> mas tão somente escravizar**, ou seja,**obter delas a única coisa de valor
> que têm a oferecer: o **seu voto**– e a preço módico. É no que acredito.*
> * *
> * A ONU, embora, por um lado, elogie o programa, por outro critica
> o assistencialismo populista e demagógico com o consequente apelo político
> que ele gera. Segundo essa organização internacional, o ‘bolsa-família’ –
> que antes era chamado de ‘bolsa-escola’ e exigia a contrapartida das
> crianças e adultos analfabetos estarem cursando o ensino fundamental –
> rendeu muita popularidade e votos, mas as DESIGUALDADES continuam elevadas
> e os progressos obtidos são pífios.*
> * *
> * Como programa de caráter EMERGENCIAL, o ‘Bolsa-Família’ foi
> importante, mas onde está a tão decantada “inclusão socioeconômica”
> sustentável dos seus beneficiários?*
> * *
> * O saudoso Luiz Gonzaga já dizia em uma de suas canções, de
> composição com Zé Dantas:*
> * *
> * –“**Seu Doutor, uma esmola para o homem que é são, ou lhe mata de
> vergonha ou vicia o cidadão...”.*
> * *
> * **É nisso que acredito desde muito antes de me tornar Juíza**.

> A Coordenadora do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do
> Trabalho Infantil afirmou que, da forma que o programa funciona, não tem
> sido útil para ela identificar e retirar as crianças do trabalho e que esse
> programa não tem impacto nenhum na redução do trabalho infantil.*
> * *
> * Vejam a entrevista de Frei Beto (que não é juiz, mas apenas um
> ex-clérigo e doutrinador comunista), um dos líderes do ‘Fome Zero’ – outro
> programa assistencialista caça-votos – e me digam o que acham.*
> * *
> * O programa existe há dez anos e pouquíssimo foi mudado na vida
> dessas pessoas. O que foi feito de efetivo para reestruturar essas famílias?
> *
> * *
> **
> * *
> * *
> * Visitem as casas dessas pessoas e me digam o quanto mudou!
> Enquanto apresentam índices de redução de evasão escolar, em razão do que
> era o ‘Bolsa-Escola’, **os adolescentes que passam hoje pela Vara que ocupo
> não sabem a data de seus nascimentos, não sabem o seu nome completo, não
> sabem o nome de seus pais e, pasmem, não tem a menor ideia de seus endereços
> **. Que noção de civilidade esses meninos tem? Esses mesmos meninos que
> agora estão querendo jogar na prisão!?! Eles não aprendem nada, por não
> querer e porque as escolas não ensinam.*
> * *
> * Quem ou o QUÊ vai dar essa noção de civilidade, se um programa
> SÉRIO de educação, capacitação, dignificação das pessoas não começar a ser
> ativado imediatamente?*
> * *
> * **O ‘bolsa-família não dignifica. Escraviza. Vicia no ócio.** É o
> que acho.*
> * *
> * As pessoas se tornam escravas da vontade política e não
> formadoras dessa vontade. E isso para mim é um FAZ-de-CONTA, sim.

> Não disse que a Presidente é uma faz-de-conta. Disse que **o
> Brasil é um País de faz-de-conta**. *
> * *
> * Defender a redução da maioridade penal é um exemplo disso.
> Defender a pena de morte também. Fazem de conta que isso vai resolver a
> criminalidade, mas não vai.*
> * *
> * Da mesma forma que fazem de conta que cumprem o ECA, que existe
> há mais de vinte anos, não o cumprem. Nunca o cumpriram.*
> * *
> * Como eu posso cobrar algo de alguém a quem eu nunca dei a chance
> que produzisse esse algo? As pessoas não podem viver de esmolas. Precisam
> aprender a andar com as próprias pernas e precisam saber que isso é da
> responsabilidade delas também.*
> * *
> * É dever dos Governos Federal, Estadual e Municipal prover as
> condições de escolaridade que dê aos cidadãos a capacidade mínima de
> escolher seus meios de vida e seus dirigentes e representantes sem que isso
> dependa de uma esmola sine qua non e que as pessoas possam seguir com suas
> vidas na dignidade que cada profissão oferece, porque todas elas a têm.*
> * *
> * Vejo mulheres jovens e saudáveis pedindo dinheiro nas ruas. Cada
> uma com seus três ou quatro filhos. Mas nenhuma pede um emprego. Por quê?*
> * *
> * **Os senhores tem ideia de quantos cartões desse programa estão
> nas famosas “bocas de fumo”?*
> * *
> * Vejo homens jovens e saudáveis nas portas dos bares ou papeando
> nas esquinas em pleno dia da semana. Porque não estão trabalhando?*
> * *
> * Qual o trabalho que as políticas públicas oferecem ou a simples,
> mas fundamental capacitação para eles?*
> * *
> * É certo que existem alguns programas profissionalizantes. Mas são
> tímidos, limitados, e não recebem a milésima parte do investimento que o
> programa de “caridade” gasta, com essa barganha evidente to “toma lá e dá
> cá o seu voto”.*
> * *
> * Ao quê isso vai nos levar, senhores? Ao quê nos levou até agora?
> Como estão essas pessoas? Sem fome? Tem certeza que R$ 130,00 (cento e
> trinta reais) realmente mata essa fome? Piada de humor negro...*
> * *
> * Não sou contra partido político algum. **Sou contra políticas
> públicas inúteis, mal intencionadas e danosas ao futuro da nossa gente e
> nação.** Sou e serei sempre.*
> * *
> * É a minha opinião senhores.*
> * *
> * Respeitem-na. **Discordem dela, mas a respeitem**. E não sejam
> tão simplistas assim. **As coisas não são simples e não podem ser
> “explicadas” dessa forma populista e demagógica como tem sido a prática dos
> governos na última década, principalmente por quem não me conhece**.*
> * *
> * O **homem precisa ser dignificado** e **não escravizado ou
> comprado** por aparentes favores de seus governantes. **As pessoas
> continuam sofrendo com a seca... Absolutamente TODAS AS PESSOAS, TODOS OS
> ANOS, HÁ DÉCADAS.** E o que foi feito da política de irrigação, da política
> que permaneça que se perpetue e que de fato transforme a vida do sertanejo
> do nordeste, onde – todo mundo sabe, menos o governo – a água está no
> subsolo e não na superfície?*
> * *
> * É contra isso que sou. **Sou nordestina com muito orgulho e me
> sinto humilhada com notícias tais como as divulgadas no Jornal Nacional
> mostrando pessoas “famintas” na porta do Banco para receberem suas migalhas
> governamentais.*
> * *
> * Não precisamos disso. Somos inteligentes e capazes. Temos força e
> vontade de trabalhar. Só precisamos de oportunidades e onde elas estão?
> Onde está a água das chuvas do ano passado? Quais as novas indústrias
> nacionais?*
> * *
> * **Bem. Não sei se melhorei muito a situação. Mas, se piorei, não
> foi essa a minha intenção. Precisava apenas explicar os meus motivos, os
> quais acredito que são válidos e não políticos.*
> * *
> * Aos que me criticaram com decência, fico com as críticas para
> refletir sobre elas na construção de minhas opiniões futuras.

> **Aos que apenas me agrediram gratuitamente, fico com a dor que me
> causaram e com o consolo de que o tempo cura quase tudo**. **Aos que
> perderam alguns minutos de suas vidas para lerem essa minha resposta, sei
> que iram refletir e agradeço a atenção.*
> * *
> * A todos, reafirmo: esta é a minha opinião. **Não a de uma Juíza,
> mas a de uma mulher que quer muito mais do que ESMOLAS para o cidadão
> brasileiro** e, principalmente, para os jovens adolescentes.*
> * *
> * Que Deus esteja conosco!*
> * *
> *Cajazeiras – PB, 26 de maio de 2013.*
> *Adriana Lins de Oliveira Bezerra*
> *Juíza de Direito, Eleitora, e Cidadã*

No peito de cada brasileiro há um grito semelhante por causa de algum descalabro desse maldito Governo. Gritos que vem do peito de Patriotas ... não que  haja no Governo e/ou entre os demais políticos muitos deles ... alguns felizmente ainda existem ,,, mas entre nós abundam : felizmente ! Até mais !

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O Governo no Brasil trama contra a liberdade....

...em conluio com o Governo de Cuba .A liberdade exige o exercício ativo e pleno da cidadania . Não podemos aceitar... sem protesto... a vilania desse Governo que para atender motivações ideológicas e ELEITOREIRAS contrata mão- de- obra similar à escrava violando nossas leis . Vejam no link : http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/padilha-manobrou-para-fazer-o-que-sempre-quis-importar-os-escravos-cubanos-e-repassar-milhoes-por-mes-a-ditadura-comunista/ ... e tirem suas próprias conclusões . Até mais .