Follow by Email

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Pera aí Cara Pálida... traidor de quem ? ...

.. não do cidadão que estava sendo roubado !.A liberdade exige o exercício ativo e pleno da cidadania ,e os delatores restabeleceram a vergonha entre nós . Cara, nos estamos em uma República, onde ... sem querer ensinar o Pai Nosso ao vigário ... res significa coisa, e pública = nossa (do cidadão ) , ie :  res + pública = república . Eles estavam nos roubando, e roubando os acionistas privados...  os delatores foram premiados porque nos salvaram para salvar a própria pele ... tudo bem , mas estancaram a pouca vergonha que estava rolando ! Agora você vem que são traidores... não faz sentido !A lealdade aqui deve ser entendida como sendo em relação à cidadania, e não aos malfeitores !!!! Acho mesmo que falta ao sistema jurídico desenhado na Constituição Cidadã uma instância privada do ministério público que pudesse ser acionada a partir de iniciativa privada . Os acusados pelo ministério público, e processados, recebem apoio de escritórios de advogados de primeira linha .Esses escritórios dão inclusive consultoria paga para orientar seus clientes em como agir sob a vigilância da Constituição Republicana para não serem pegos ... e clamam contra a violação da  segurança jurídica quando a jurisprudência é mudada pelo STF como aconteceu no caso do Mensalão . Porque não nos permitir defender o nosso patrimônio através de uma instância privada de defensoria? O denunciante assumiria o risco calculado, e seria agraciado com uma porcentagem do que fosse recuperado ... mas pagaria o custo da ação a ser desenvolvida pelo escritório credenciado . Muitas empresas prejudicadas pela maracutaia dos políticos não precisariam aderir para sobreviver, e funcionários de bom caráter entrariam para o serviço público, e seguiriam suas carreiras sem susto ...  se necessário colaborariam com o Estado Democrático sem medo de serem chamados de TRAIDORES  ... droga ! : de quem , do político que obteve sua nomeação ... ou de quem ? A minha indignação surgiu da leitura em O Globo do artigo' Degradação Jurídica' da coluna' Tema em Discussão- Delação Premiada' que publico a seguir para seu conhecimento, e avaliação : Degradação jurídica . No meu modo de ver a nossa constituição está perneta no que diz respeito à defesa do bem público ... como defendi acima é preciso dar à cidadania meios privados de acusação para não deixa - la à mercê de governos de ocasião... muitas vezes de eleição comprada, até mesmo com o produto do malfeito .
Fico por aqui não sem antes reclamar pelos exemplos de traidores usados que ao meu ver desafinam com o assunto pois Jesus não foi chefe nem membro de quadrilha e Joaquim Silvério era fiel ao Monarca da época ,,, eu não faria o papel dele mas pergunto : quem antipatiza com os delatores de hoje apóia a versão de que tudo foi projeto político revolucionário ? Acham que aqueles que vierem a ser condenados na operação Lava- Jato  devem mostrar os sovacos à Nação em protesto ?Até mais !
Não sem antes alertar para a grande importância da discussão desse Tema para o futuro de nossa Pátria ... quem se achar competente que segure a bandeira que atiro ao Pais :



sábado, 10 de janeiro de 2015