Follow by Email

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Todo cidadão tem o direito de opinar nesse momento ...

...em que a  liberdade exige o exercício ativo e pleno da cidadania . A Economia ,e a Finança por usarem de termos científicos parecem estar fora do alcance do cidadão comum ...não é verdade ...seus fundamentos são muito intuitivos ...assim todos temos o direito ,e o dever, de manifestar com autoridade nosso ponto de vista . TODA RIQUEZA TEM ORIGEM NO TRABALHO . Sem ele a matéria bruta fica sem utilidade agregada ...resta lhe apenas a natural fruto do trabalho da natureza que a colocou ali . Os homens principalmente, e os animais em geral ,com o seu trabalho agregam valor útil ,produzindo o bem económico . Assim , a riqueza das Nações ,e porque não, do Planeta, pertence aos humanos ,em primeiro, e aos animais em geral . O Homem ético deve levar isso em consideração ao formular suas teorias sobre como conduzir a economia ,e organizar as finanças . Vejo um crescimento no nível do diálogo que a mídia nos traz á tela ... mas ainda noto demasiada fixação, em critérios que não enxergam ,em profundidade ,o bem comum . O Homem nasce para viver agregar valor humano ao seu ser, e depois morrer ... disso depende a evolução humana como espécie... e também, deve se multiplicar, para assegurar continuidade ao processo de evolução ...e isso envolve algo de suma importãncia : a formação global de novos seres que exigem educação , instrução ,e cuidados para crescerem sadios, e ocuparem seus lugares . Do modo que a humanidade se vem comportando, só tem um resultado possível : um imenso crescimento material/tecnológico ,e um gigantesco descompasso com o bom senso humano necessário para lidar com esse crescimento que o seu trabalho gerou . Olhar o Sistema Económico /Financeiro COMO RESPONSÁVEL pela totalidade do processo, seria uma evolução a ser conquistada , já nesse espaço criado pela crise global ora em curso .Só com uma ação conjunta das autoridades Políticas e Económicas , se lograria resultados compensadores que evitariam uma sequência de crises , que no fim até que poderiam confirmar a visão derrotista de Max . O que assistimos hoje é uma humanidade em situação patética , e com um comportamento caótico ... indo não sei para onde . A política cuida da vida daqueles que vivem nos países , segundo critérios, que deixam a ver navios multidões ...a Economia se atem aos rígidos cânones de seus projetos de criação de riqueza pela administração do trabalho, e pela sua potencialização via bens de capital ... mas não se preocupa em que os que produzem essa riqueza participem honestamente da sua distribuição . E ficam as autoridades a discutir patéticamente como vencer a crise sem encarar de frente a raiz da sua gêneze , e propor soluções radicais que reorientem o processo . Falta legitimidade aos políticos ... grandeza aos gestores económicos ...e também sensatez ao público em geral ... que geleia !  ...  mas focar na medida correta so´ trará vantagem para todos . Só que a maioria dos que podem fazer a diferença tem a cabeça entupida de ideologias e /ou ambições personalistas ...assim fica difícil . Precisamos primeiro enterrar os formuladores antigos que suas doutrinas e ideologias se tornem palavrão  ... fiquemos delas com o que ajude , e não contenha ódio que é desagregador , construtor da discórdia ,e promotor do atraso . Tenhamos coragem de trazer os Governos mais próximo ao cidadão ...que trabalha, e produz riqueza . Temos que prepara- los é verdade ...mas o próprio exercício do poder fará sua parte...e nesse nível já será possível acompanha - lo com mais justeza  ...quanto maior o Estado mais difícil é o controle, seja pelo excesso de poder em poucas mãos ,ou pela multiplicidade enorme de ações a acompanhar . Como já defendi MUDAR PARA CONFEDERAÇÃO no caso do Brasil seria um bom passo ...certamente diminuirão os mal feitos com o resultado do trabalho humano confiscado pelo Estado com o propósito declarado de reverte -lo em favor do povo , mas ... a realidade sempre tem sido outra  . Com a mudança este estará mais perto, e podera´acompanhar melhor ,e intervir com mais destreza, e segurança ...creio eu .
Já falei na necessidade de novos modelos de Gerência Económica que incluam TIPOS DE EXISTÊNCIA FAVORECIDOS  DENTRO  DE SEGMENTOS SOCIAIS  ...sem perda é claro da liberdade individual , mas com maior gravamento dos malfeitos . A mobilidade entre esses segmentos, e seus tipos de existência favorecidos pelo Estado seria controlada ,e ajustada à sua real possibilidade, tanto em nível , como em velocidade ascensional  ... nada de Toninhos Meteoro . e outros . Mais exigência no comportamento ético dos dirigentes ...volto ao início onde divaguei sobre a relação do cidadão criador ...pelo trabalho... da riqueza , e a inética da sua distribuição pelos Estados . Sei que mudar isso é trabalhoso principalmente porque em muito se trata de atitude , de mentalidade  ... mas é preciso começar ...e o ambiente criado pela crise pede ação aos capazes ... sua omissão não terá desculpa quando no futuro cairmos em crises mais dolorosas . ACORDEM GÉNIOS, agora estamos na ocasião de usarem seus conhecimentos ,e sua criatividade . Lembro do depoimento lido por Ana Carolina em que afirma que ela ,e uma multidão de outros, apesar de tudo elegem a tradicional honestidade como regra de vida . Os desonestos são minoria, mas graças ao meu ver, às ideologias, galgaram os vétices do poder Estatal ,e governam esse caos .É hora de reagir . Fora com os inapropriados !

Nenhum comentário: